Seguidores

domingo, 1 de janeiro de 2012

O QUE É PIOR? O ANONIMATO RECEOSO OU A TEMERARIA AUTOGLORIFICAÇÃO? VENCENDO O MAL COM O BEM. A RESPOSTA QUE EU NÃO ENVIEI.



Por Alberto Couto Filho




O ANONIMATO
Conversávamos recentemente, eu e o pastor Carpintero, “o menorzão”, editor do blog “Newton Carpintero, pr. e servo”, sobre os comentários anônimos recebidos às nossas mensagens, estes somente publicados quando permitido por nós, editores.
Disse àquele homem de Deus que, mesmo quando elogiosos, com mensagens congratulatórias ou encômios, reforçando ou corroborando minhas teses, se de anônimos, tenho por princípio não publicá-los.
Posso vir a publicar um comentário quando identifico oportunidade para reagir com lições de vida fundamentadas na Palavra de Deus, ao deslustre e ao menoscabo com que o anônimo busca me afligir. Para mim, nesta situação, o anonimato é um disfarce usado por pusilânimes e poltrões; é o valhacouto e o refúgio dos covardes, daqueles que, intimamente, têm medo de serem responsabilizados pelo que escrevem e pelo que poderá advir como consequências da sua estupidez. Oscar Wilde disse não existir outro pecado além da estupidez. Segundo ele, ”nós gritamos contra o pecador, todavia não é o pecador, mas o estúpido que é a nossa vergonha.

Alguém no anonimato, dizendo-se um pastor, opôs objeções quanto ao uso de palavras de difícil entendimento na mensagem DEUS CIÊNCIA, SICÔMOROS – O JOGO DO MISTÉRIO Parte II, publicado em 05.07.2011, sugerindo o uso de uma linguagem menos castiça para que eu ampliasse o número de comentaristas neste singelo blog deste blogueiro, não menos simplório.
Acometido de uma crise de inépcia, invocou o apóstolo “das gentes” para que eu fizesse valer minha sabedoria com os sábios e que me fizesse de analfabeto (iletrado), sem qualquer instrução, para com os humildes. Deveria ter-lhe dito que “andasse prudentemente, não como estúpido ou ignorante (néscio) e sim como sábio”,invocando também o apóstolo Paulo ao escrever aos efésios sobre
“o fruto da luz e as obras das trevas” (Ef 5:15). A sutileza com que redigiu seu comentário não foi suficiente para dissimular sua intenção em deslustrar-me, denegrindo minha imagem junto aos meus leitores. Sua impertinência mereceu deste humilde blogueiro uma réplica, da mesma forma, impertinente. Confiram.

O anonimato é encontrado também na própria Palavra, quando no Livro Santo somos orientados a evitar nossa sucumbência ante a vanglória, pois que é lúcido admitir a auto-exaltação como sinal de glorificação em nós mesmos, aos nossos feitos e não em Deus. O anonimato determinado pela Bíblia, neste caso, é para ser aceito sem reservas pelo homem, pois tem o objetivo único de combater doenças espirituais como a vaidade, a presunção, o desvanecimento, o orgulho (a mais grave). Destarte, quando a Bíblia Sagrada nos orienta à ação no anonimato, devemos entender que o Criador quer reprimir a jactância, a desobediência, a hipocrisia, a discórdia e a contenda, filhas legítimas da abominável e malfazeja vanglória.
Constatem este fato: Na orientação contida nas exortações de Paulo: na epístola aos Corintios – Valores de Cristo (1Co1:30-31) “Mas vós sois dele, em Cristo Jesus, o qual se nos tornou, da parte de Deus, sabedoria e justiça, e santificação, e redenção, como está escrito: aquele que se gloria, glorie-se no senhor”; nas criticas de Jesus aos fariseus, no Evangelho de Mateus – “Praticam, porém, todas as suas obras com o fim de serem vistos dos homens; pois alargam os seus filactérios e alongam as suas franjas” (Mt 23:5). Neste mesmo Evangelho, o Filho do Homem nos exorta ao anonimato, quando prega o altruísmo, o amor desinteressado ao próximo - (Mt 6:3) e ensina como devemos orar (Mt 6:5).
A AUTOGLORIFICAÇÃO
Falar da glorificação de si mesmo é o mesmo que falar de vanglória, uma presunção infundada das nossas próprias qualidades. É aquela necessidade que o homem tem de se exibir aos olhos dos outros, quando quer mostrar-se o maior ou o melhor de todos no desempenho de uma determinada tarefa ou função.
A necessidade que o homem tem de se autoglorificar é indício de um vazio interior criado pela destituição da glória de Deus, como consequência imediata do pecado. Para preencher este vazio de glória o homem vive a buscar a sua própria glória, sem admitir que por ela ser vã e vazia é apenas vaidade por não ter qualquer valor ou serventia.
Ele vive a se gloriar em suas realizações, nas suas conquistas, em seus bens materiais, no seu vestir, nos cursos, nas faculdades, nos diplomas, etc, sem nunca ter atentado para o que diz Pedro em sua carta primeira: “toda a glória do homem é como a flor da erva que se seca e cai” (1Pe 1:24)
É lastimável observarmos esta ocorrência no âmbito evangélico.
Hoje assistimos ao frenesi de vaidosos bispos, apóstolos e alguns pastores, megalomaníacos por títulos, a se imaginar Deus quando oram, pregam ou repreendem o mal. Esta autoglorificação é maldita por Deus em Tg 4:16 – “Mas, agora, vos gloriais em vossas presunções, toda glória tal como esta é maligna.”

Há por ai muitos crentes afetados e fátuos, emitindo opiniões exageradas de suas próprias qualidades, denotando aquele orgulho doentio e pecaminoso odiado por Deus. “O temor do Senhor consiste em aborrecer o mal; a soberba, a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu os aborreço” (Pv 8:13).
Aborrecer é sentir-se horrorizado; é mesmo odiar os soberbos e arrogantes: Deus quer ver a soberba substituída pela humildade e pela simplicidade; Ele quer ver serenidade, benevolência e bondade em lugar da abjeta arrogância.

Ao nos conduzirem à prática do anonimato, as Sagradas Escrituras visam tão somente eliminar o orgulho,diagnosticado pelo Médico dos médicos como doença espiritual. Seus principais sintomas são: olhos altivos, presunção e arrogância (Pv 6:16,17).

N’outro dia, queixei-me ao“meu amigão”, pastor Guedes, da insolência, do desaforo de certo pastor que me criticou insolitamente, por email, por reportar-me ao relacionamento de um artífice e de um ourives na difícil técnica da ourivesaria para a construção de uma joia.

Na mensagem que recebi sob a forma de admoestação era sensível o seu enfatuamento, a estima exagerada de si mesmo, ao dizer-se apto a me ajudar/ensinar (?). Em linguagem extremamente enfadonha recomendou-se a si mesmo, sobre seus títulos, cursos, faculdades, participações em emissoras de rádio, em conferências e palestras e fez questão de identificar-se como teólogo hebraísta, escritor e imortal por ser membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil.
Por se tratar de um consagrado Ministro do Evangelho, perguntei-me:
Tudo isso para justificar possuir condições para me admoestar? Criticar?
Por que tanta auto-exaltaçao?
Ao advertir-me, qual a verdadeira intenção daquele homem de Deus, notoriamente amante de si mesmo e visivelmente presunçoso.
Por que, tanta insolência, partindo de um ungido do Senhor?

Fui criticado imerecidamente.
Meu avô Betinho, pai do papai, já dizia: ´”Se o cara aprendeu música e sabe tocar vai ser músico. Se ele não sabe, vai ser um crítico”. Perceberam que o velho já sabia a diferença entre a intelectualidade e pseudo-intelectualidade? Aquele meu saudoso ancestral, quando criticado injustamente, usava apenas o termo “pseudo” para responder ao crítico. O vovô dizia que“intelectualidade” não combina com egotismo, egolatria e intolerância – muito menos com a descortesia e a estupidez.
Por outras vias, recebo comentários de outras pessoas igualmente presunçosas, amantes do culto à personalidade, bazofiando seus escritos e feitos, alguns desses até de valor indiscutível para o Reino de Deus. Outros, infelizmente, fazem-nos perceber um quê de orgulho e de vangloria, como indicativos de uma danosa autoglorificação.
De qualquer modo, perdoo a todos com a mesma sinceridade.
Dizia às minhas gravatas, em solilóquio. monologal: Vou responder a este pastor, colocando-o em seu lugar, como um líder cristão, um escolhido por Deus, Tentei explicar aos meu botões
que aquele estereótipo “não toqueis no ungido do Senhor”, como doutrina, não tem qualquer validade, pois Davi, ao referir-se à unção, fez menção a Saul, àquele que teria o direito de reinar e não apenas a quem possuísse um cargo eclesiástico. Essa expressão tornou-se um tipo de jargão para certos líderes cristãos quando percebidos em erro, por contrariar preceitos bíblicos.
Pergunto: Há algum bispo, apóstolo ou pastor que, por ai, tenha sido nomeado Rei pelo Senhor?
Pois é, este estereótipo, por muito tempo, vem transformando algumas de nossas igrejas em clubes de investimento e em verdadeiros covis de bandoleiros assaltantes. Ora, se Cristo veio para me libertar por que não tenho liberdade para, ao menos, obviar o mal, se um pastor está glorificando a si mesmo, quando a Bíblia diz que isto é abominável para Deus? O crente convertido, que também é ungido, vê-se cerceado, acorrentado a essas falsas doutrinas e para não cair em pecado de rebeldia, cala-se diante de um comportamento indigno, impróprio e anti-bíblico do seu“ungido”.

Você não pode, nem deve, nem lhe é permitido e outras injunções, ouço-as quando certos “ungidos” são flagrados deturpando a Palavra de Deus, alicerçados em Bíblias espúrias com conteúdo que só lhes favorecem em termos de arrecadação de dinheiro para financiar seus projetos pessoais. Eles, quando flagrados, recorrem de imediato, a Jr 23:2, sob a alegação de que só Deus poderá castigar a maldade das suas ações. Se o flagrante for divulgado por blogueiros cristãos somos chamados de bandidos, pastores fracassados, desocupados, insolentes, falsos crentes, caluniadores, invejosos" e outros adjetivos impróprios para um servo de Deus. Pastores que não pregam suas falsas doutrinas são chamados de idiotas e imbecis. Já fomos taxados, até, de “filhos do diabo”. É comum vermos nas TVs a troca de ofensas entre “ungidos”, com o uso de palavrões em altercações sem fim, na disputa de horários. Pena que esses “ungidos” escangalham com a vida espiritual de irmãos crédulos e ingênuos que não, estudam a Bíblia.

Por tudo isso, decidi posicionar-me sempre contra qualquer ação que possa estar afligindo ovelhas do rebanho do Senhor e o faço com mordacidade, à semelhança da diatribe de Tiago, em atenção às reivindicações de Cristo. Dentre elas está a de que somente o Pai fosse glorificado em todos os Seus feitos, prodígios e milagres. “Vós, porém, não sereis chamados mestres, porque um só é vosso Mestre, e vós todos sois irmãos” – (Mt 25:8). Jesus está nos dizendo que incorreremos em erro sempre que estivermos usando títulos para nos distinguir de outros irmãos;
Ele está nos dizendo: Eu aborreço a autoglorificação.
Sobre o envio de uma resposta àquele Seu escolhido busquei, em primeiro lugar, o “ad referendum” do Todo Poderoso. Depois de visitar o blog daquele pastor e de consultar líderes da sua denominação e do seu relacionamento, consultei a liderança da minha igreja. Na sequência deste meu texto, os leitores concluirão que, quanto à resposta, só pude arbitrar a sua publicação neste meu espaço.

A RESPOSTA QUE NÃO ENVIEI
Abençoamado pastor

A paz

Com o devido respeito devo dizer-lhe do meu repúdio e indignação à sua despropositada insinuação sobre minha espiritualidade e conhecimento bíblico, admoestando-me irrefletidamente, quando da divulgação do meu primeiro livro, publicado pela Editora Livre Expressão. O nobre Ministro, como escritor, não deve desconhecer a alegria incontida do autor ao ver publicado o seu texto. Postei esta publicação em meu modesto blog, como se notificasse o nascimento de um filho. O jovem pastor decidiu, não sei por que cargas d’água jogar um balde de água fria sobre minha felicidade, como se fosse um crítico literário ou como se eu, n’alguma vez intentasse lhe fazer mal.

Causou-me espécie a sua observação de que estava apto a me ensinar. Permita-me, data vênia, perguntar: Ensinar-me o que? Por Deus, creia-me! Sua pretensa e jactanciosa docência, pelo que vi em seu perfil, de nada iria servir a este seu confrade, ávido por aprender para prosseguir ensinando.

O egrégio pastor ao invés de criticar apenas os meus escritos, atacou-me, insensível e ilogicamente; contestou o que resultou da minha argumentação, antes mesmo de conhecer o que seriam premissas do meu raciocínio. Ainda argumentando pela Lógica, o nobre amigo incorreu na falácia “ad hominen” ofensiva, isto é, com a intenção de refutar uma proposta atacou o seu proponente. Perdoe-me se exagero, mas cheguei a observar um quê de ira na sua interpelação. Lembrei Calvino:
“Resista à tentação a requintes e estude a simplicidade. Coloque fielmente diante de ti apenas o que julgar ser a glória de Deus”
Para seu esclarecimento e governo, reportava-me, à época, ao relacionamento de um artífice e de um ourives na difícil técnica da ourivesaria para a construção de uma joia. Pretendia estabelecer comparações com o trabalho daqueles que exaustivamente ombrearam comigo na editoração e publicação do meu primeiro livro. Autor, editor, diagramador, capista e revisores, sem melindres, ajudamo-nos um ao outro, e concluímos: A obra (O LIVRO) está bem feita. Dessa forma eu meramente raciocinava de forma analógica, sem buscar concordância com este ou aquele texto bíblico e sim com ideias neles contidas.

Referia-me, sim, à utilização de martelos e bigornas para a confecção do candelabro que seria feito de um talento de ouro puro (Ex 25:39),com sete luzes lembrando o Espirito Santo, com Sua unção e Sua iluminação. Esta peça estaria no Tabernáculo, tenda provisória onde o Senhor falava ao Seu povo (Ex 33:7-10).

Demonstrando sua afeição à crítica e à contenda de palavras, sua fértil imaginação, ao invés disso, levou-o a admitir que eu estivera fazendo referência à ajuda mútua daqueles que faziam uso de martelos e bigornas para construir ídolos (Is 4l:6,7). Misericórdia. Que Deus o perdoe!

· Enquanto eu pensava em Bezalel e Aoliabe, ambos capacitados pelo Espírito de Deus com habilidade, inteligência e conhecimentos em todo o artíficio para elaborar desenhos e trabalhar em ouro, em prata e em bronze nas obras do Tabernáculo
(Ex 31:1-5);


· o nobre pastor, Infelizmente, pensava naqueles artífices e ourives que fixavam ídolos para que não oscilassem e caíssem, na passagem em que “Deus suscita o Redentor”
(Is 41:7);

· Enquanto eu pensava na competência, esmero e dedicação dos artífices inspirados por Deus para construírem, em ouro, o Tabernáculo e todas as peças descritas nos capítulos 25, 26, 27 e 30, do Livro de Êxodo, conforme a vontade de Deus;

· o insigne mestre, Infelizmente, pensava naqueles artífices e ourives que, agora, admitiam que a sorte lhes sorriria, se cobrissem seus ídolos com ouro fundido;


· Enquanto eu estava, como agora, consciente de que Cristo, o Agente da Criação, é quem sustenta todo o universo pela Sua soberana vontade (Hb 1:3);

· o ilustre homem de Deus, Infelizmente, imaginava não ser do meu conhecimento o fato de que ídolos dependem da fixação de pregos para se equilibrarem.
Sua pública e notória jactância e sua soberba foram, de chofre, identificadas, quando ao escrever-me.

Ø  Disse fazer ou ter feito (não me lembro) faculdades teológicas e outras mais;
Ø  Proclamou ser pastor, teólogo membro da AELB, dizendo-se um imortal:
Ø  Declarou-se um teólogo hebraísta;
Ø  Disse ser um formador de opinião, como palestrante em várias emissoras evangélicas;
Ø  Traduziu do português para o grego, desnecessariamente num escrito comezinho.

O meu amado irmão, supondo-me um ignorante escrituristico, obrigou-me a andar uma milha, por isso, para que juntos andássemos duas, visitei aquele seu belíssimo espaço virtual e, tristemente, pude constatar um pouco mais da sua presunção, quando:

Ø  Abre espaço para um tipo de perolário em que inclui textos de sua autoria.(?) Lembro que a palavra “pérola” em sentido figurado significa “o que há de melhor no gênero”. A ufania do nobre amigo, por conseguinte, fá-lo imaginar que seus textos representam, realmente, o que há de melhor na blogosfera cristã. Será mesmo?
Ø  Solicita, insistentemente, comentários aos leitores dos seus textos;
Ø  Demonstra nitidamente ser amante de lisonjas e bajulação e aqui vai um pouco mais de Calvinismo:
É perceptível o seu deleite quando ocorre uma palavra de um comentarista, que com afagos venha a lisonjeá-lo; o seu orgulho, espontaneamente, faz comichão em suas entranhas. Ø  Sorteia livros de sua autoria, como se preocupado em não ser mais lembrado por seus seguidores.

Por falar em aptidão para o ensino, deixe-me ajuda-lo.

Como escritor, o insigne mestre deve saber tudo sobre virgulação, mas mesmo assim, pelo amor de Deus, evite separar aquilo que é ligado sintaticamente, ou seja, o sujeito do verbo e o verbo daquilo que o complementa, para que suas frases não fiquem desestruturadas, como se pode ver.

Volto a Calvino para reforçar meus ditos sobre a sua personalidade, a sua individualidade consciente:
“Ninguém possui coisa alguma, em seus próprios recursos, que o faça superior; portanto, quem quer que se ponha num nível mais elevado não passa de imbecil e impertinente. A genuína base da humildade cristã consiste, de um lado, em não ser presumido, porque sabemos que nada possuímos de bom em nós mesmos; e, de outro, se Deus implantou algum bem em nós, que o mesmo seja, por esta razão, totalmente debitado à conta da divina graça.”
Sua postura neste triste episódio lembrou-me o orgulho de Moabe, sua soberba, sua arrogância, sua altivez, sua insolência e perfídia de sua língua. Esta sua jactância é vã (Is 16:6). Como aprova-lo, se a si mesmo se louva?
(2Co 10:18)
John Piper, em seu livro “A vida é como a neblina”, instiga o leitor a se examinar com ousadia, vasculhando sua história pessoal; suas concepções sobre Deus; suas angústias e suas convicções. Eu recomendo a sua leitura. Diz o autor:
“A autoglorificação é rejeitada pela eleição, em 1Co 1:27-29. A eleição divina não é planejada de modo que o propósito salvador de Deus se apoie apenas nEle, não em qualquer atitude da alma humana.
Ah meu amado pastor! Em nome de Jesus, procure destruir este seu orgulho, meditando e glorificando-se ao pé da cruz, conforme Paulo escreveu, ‘com letras grandes’ às igrejas da Galácia
(Gl 6:14).Há uma joia, esta sim uma pérola, o que há de melhor no gênero sobre o pecado da autoglorificação, na obra de João Calvino, “As Institutas”, em sua edição clássica. Leia no capítulo I, com a urgência que este assunto requer: “O CONHECIMENTO PRÓPRIO EMBOTADO PELA AUTOGLORIFICAÇÃO”.

Recomendo-lhe, como virtude cristã, ser condescendente com seus irmãos humildes, em lugar de ser orgulhoso, evitando ser sábio aos seus próprios olhos (Rm 12:16).

Rogando sinceramente por suas escusas e humildemente pelo seu perdão,
Seu conservo nAquele que nos amou primeiro.
Alberto Couto Filho
_______________________________________

Aos leitores divergentes ou discordantes, digo que não guardei mágoa ou ressentimento em meu coração.

Amados, apenas para argumentar biblicamente.

A Palavra de Deus nos dá ciência de que por saber que devemos fazer o bem e não o fazemos, estamos pecando (Tg 4:17). Quando obviamos um mal e suas consequências para uma pessoa estamos lhe fazendo um bem. Foi o que fiz para não pecar. Pretendia alertar aquele homem de Deus sobre a obviedade do mal da AUTOGLORIFICAÇÃO.

Não enviaria esta resposta à guisa de desforra ou vingança, por saber que só o Senhor irá retribuir. Apenas dei lugar á uma indignação justa, admitida pela Palavra de Deus
(Rm 12:19);
Consultei meu coração no travesseiro por ter, sim, internalizado minha indignação e não ter cometido pecado; (Sl 4:4);
Não cogitava tornar àquele pastor mal por mal, pelo contrário, esforcei-me para fazer-lhe o bem perante sua jactanciosa postura (Rm 12:17);
Por Deus, eu estaria amontoando brasas vivas sobre a sua cabeça, orando para que viesse a reconhecer seu pecado, e arrepender-se de tê-lo cometido (Rm 12:20);
Procurei, tão somente, vencer o mal com o bem (Rm 12:21).
ACF/

63 comentários:

Geovani Figueiredo dos Santos disse...

Graça e paz da parte de nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo, irmão Alberto! Que o ano de 2012 lhe seja repleto de alegrias e realizações!

Existem pessoas que se acham espertas,mas se mostram tolas em suas asserções. Na verdade, este sentimento de tolice é bem difundido nestes dias de fatuidade e futilidade em que vivemos. Quando se trata de alguém que não conhece o Evangelho é até aceitável.No entanto, quando tal bossalidade é perceptível em cristãos, então temos razões de sobra para nos preocuparmos. A Bíblia sempre nos ensina a primar pela excelência em tudo o que fizermos. Isso implica dizer que tudo o que fizermos deve ser o melhor. Salomão deixa claro isso quando diz: “Viste um homem diligente na sua obra? Perante reis será posto; não será posto perante os de baixa sorte” (Pv.22:29).

Irmão Alberto, muitos não atentam para estas palavras ,infelizmente. Preferem seguir pela vida bestializados, envoltos por um véu de mediocridade e carcomidos por uma contumácia impertinente que não lhes permite enxergar a feiura de suas próprias almas.

Estes indivíduos que não enxergam nada além dos seus narizes, porque são vítimas funestas da síndrome de emburrecimento que se desenvolve em nossa sociedade. Tal emburrecimento é perceptível não apenas no uso desleixado de nosso vernáculo, como também não ausência castiça de valores intrínsecos ao próprio indivíduo. O pior é que os que emburrecem acham que todo mundo tem que emburrecer assim como eles. Ledo engano!

Isso é apenas um desabafo solidário a sua postagem! O pouco contato que já tive com seus blog, posto que somente recentemente descobri suas pérolas, deu-me a dimensão no universo das palavras do homem que és. De fato, as palavras falam muito de um indivíduo, posto que são expressões de sua própria alma. Quanto às invectivas daqueles que não as entendem, façamos delas pedras,e,desta forma, construamos um castelo inexpugnável no Senhor.

Enquanto alguns se ressentem e se voltam contra nós com doestos e palavras acintosas, temos sempre pelo Espírito, a percepção de que muitos neste exato momento estão sendo abençoados por alguma palavra de nossa pena.

Continuemos,portanto, neste afã nobre de levar adiante o legado que a nós foi confiado. Que não meçamos nervos, músculos,sangue e palavras nesta propositura. Nós não fomos chamados para agradar a "gregos e troianos", mas para falar a verdade incondicionalmente, doe a quem doer. Nem que isso nos custe muito caro!

De seu conservo em Cristo,

Geovani Figueiredo dos Santos

JOELSON GOMES disse...

Sr. Alberto como não sou tão educado como o senhor eu teria colocado o nome do obliterado (para usar uma palavra dificil que ele não gosta) rascunho de intelectual? Ele tem livros publicados? Quais autores conhecidos em nosso país usam seus rabiscos como referência? O cara dizer que é imortal pq faz parte de AELB (o que é isso? Quantos teólogos de respeito fazem parte desse negócio?)faz até graça. Sr. Alberto, aqui no Nordeste tem um poeta popular que diz (Jessier Quirino): "Nesse mundo tem gente pra tudo e ainda sobra um pra tocar gaita".

Deus o abençoe e vida longa.

disse...

Olá meu querido, feliz 2012. Que o Senhor continue te abençoando com toda graça, paciência e sabedoria com que tem lidado com certas situações que tens vivido. Meu amigo há homens que se revelam possuidores de mais modéstia, a tal ponto que concedam algo a Deus para não parecer que atribuem tudo a si mesmo, de tal maneira repartem entre Deus e eles, que a principal parte da glória, e toda a presunção, sempre fica para eles. Bjim!

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamigo Alberto Couto,

A paz de Cristo, o nosso Senhor!

UAU! Acabei de ler a sua matéria. Dia primeiro de Janeiro de 2012.

Creio que esta matéria servirá de instrumento de avaliação, para os muitos que fogem da simplicidade do evangelho e da pouca força em nossas mãos, estas, somente ativadas pela nossa capacidade em saber separar os objetivos de Deus e a prudência ao caminhar plenamente orientados na certeza que, nada somos, e se não somos por Ele, o nosso Senhor Jesus Cristo, muito menos seremos.

A velocidade da tecnologia e dos dias, proporcionará a muitos, uma descida rápida pelos degraus da própria glorificação, ou permitirá aos outros muitos, uma subida com objetividade à obediência e aos cuidados que um servo deseja ao realizar a pura e agradável vontade de Deus.

Creio que muitos estarão aprendendo ao tropeçar em seus próprios pés e outros por misericórdia e bondade, sentirão o quanto proporcionaram a estes em auxílio pelas orientações, através das experiências aos mais atentos em qualificar-se com resultados.

Vivemos um momento de oportunidades, em que a internet nos possibilitará melhor interação com o que se anuncia de bom e ruim, em uma descoberta de extrema velocidade que assusta aos mais valentes.

O Senhor seja contigo, nobre amigo,

o menor de todos os menores.

Cesar M. R. disse...

Alberto,

Na verdade, essa pessoa deve ser realmente especial, fenomenal e interessante... para um estudo de desvios psicológicos, quiçá psiquiátricos, claro. Para o trato cotidiano das amizades ele é um fiasco.

Dá preguiça. Que bom que tem gente com paciência para escrever respostas.

Quanto ao seu livro, aviso que ele está em destaque na correspondente prateleira, e me olha todas as manhãs como que dizendo: "e aí, já tem tempo pra me encarar?". Eu me calo envergonhado, e só resmungo enquanto vou fechando a porta do armário: "você sabe que é só em fevereiro...". Mas fevereiro (ou março?) vai chegar e vou poder ler o "vinde a mim", e poderei comentar algo.

Enquanto isso, desejo a você e a todos os seus leitores um 2012 repleto de textos saborosos.

Um abraço,
Cesar

Pr Anselmo Melo disse...

Querido irmão Alberto.
Quero primeiro agradecer por suas palavras que muito me honraram.Para mim foi igualmente especial ter compartilhado de sua amizade durante o ano que se foi.Por essas bandas que hoje resido e cuido da C.A.Operação Resgate, por obediência ao meu chamado, sinto falta de pessoas como o irmão.Alguém que certamente enriquece a vida dos que lhe tem por perto.
Quanto ao fato em questão, devo dizer que esse tipinho infelizmente deixou de ser figura rara.Existem outros exemplares por aí.Talvez o traço que mais marque esse tipo de personalidade seja o fato de estarem sempre querendo chamar a atenção para si ou para seus pretensos feitos.Sendo assim quero discordar do nobre colega Pr. Joelson, acredito que o irmão agiu corretamente omitindo-lhe o nome. Ainda que eu também tenha ficado curioso quanto a identidade do dito cujo.Mas, pensando bem,por hora eu estou mesmo interessado em conhecer alguém que toque gaita.
Fique na paz meu irmão.

Pastor Giovani e Missionária Delair disse...

Irmão Alberto,
Desejamos um Ano Novo cheio de vitórias em sua vida.
Que a graça de Deus aumente a cada dia em sua família.
Deus o abençoe, em tudo que fizeres.
A Paz,
Pr. Giovani e Missionária Delair.

Natanael Lima disse...

AmadAlberto,

amigo e irmão...Deus o abençoe. Tens razão no que postastes..rsrs.
Deus o bendiga sempre.
Seu irmão caçulinha,

Nata.

Matheus disse...

Olá meu nome é Matheus e eu gostaria de estar fazendo uma parceria com o seu blog se fosse possível.
Sou usado por DEUS para evangelizar no site “Arca de JESUS”, e este é o link do site >> http://arcadejesusoficial.webnode.com.br/
Deixo aqui alguns contatos caso aceite a parceria:
Meu e mail: matheusseventeen@hotmail.com
E mail do site: arcadejesus2@hotmail.com
Facebook do site: arcadejesus2@hotmail.com
Fique eternamente na PAZ DE JESUS.
Matheus Henrique o adorador.

Pastor Guedes disse...

Caro Alberto,

A Paz!

Estou super ocupado com a minha mudança, mas não poderia deixar de visitar seu excelente blog. Prometo voltar mais vezes e com mais tempo. Um amigo como você há de ser guardado com sete chaves...

Abração nobre mestre de nós todos, seu seguidores.

Alberto Couto Filho disse...

Abençoamado Giovani

Bom te ler.
Amo sua verve e o vivo do seu espírito.
No entanto, convém ao amigo precatar-se em relação ao seu linguajar rebuscado, aprimorado, pois, doravante será tido como um cúmplice deste blogueiro – você impertérrito, eu renitente quanto às coisas de Deus. Sua acrescência aos meus ditos e sua conivência irão aborrecer os p.p.p (pseudos-pastores de plantão). Essas vítimas funestas da síndrome do emburrecimento (gostei), provavelmente não cantam o Hino à Bandeira e nem o Hino Nacional, avessas que são às letras castiças e empoladas de Bilac e Duque Estrada.
Imagine os anônimos, atônitos, pejorando termos como: pendão da esperança, augusto da paz, impávido colosso, clava forte, e outras pérolas da língua nacional brasileira; pense nos soberbos especialistas caviladores e suas falsas interpretações, questionando: por que não lábaro, magnífico, intrépido e coisas assim?
Dir-se-ia que eu e os amigos comentaristas engendramos uma colusão ou um complô para criticarmos esses tais especialistas, agastados que estamos com sua conduta atoleimada. Na realidade estamos espantados com tal descompostura.
Bernard Shaw deixou uma frase que tem a ver com o quadro que pintamos: “O especialista é um homem que sabe cada vez mais sobre cada vez menos e, por fim, acaba sabendo tudo sobre nada”.
Irmão Giovani, fique com este truísmo: “Quando se está no quadro é impossível enxergar a moldura”.
Grato pelo apoio
A paz
Alberto

Alberto Couto Filho disse...

Bem vindo, pr. Joelson Gomes
A paz

Eu tenho uma do Quirino, na medida para os tocadores de gaita. Vê só:

"Eu sou três tapas depois de uma facada"

Grato pela sua honrosa participação.
Tô indo lá no GRAÇA PLENA.
Quem vem comigo?
Deus te abençoe
Alberto

Alberto Couto Filho disse...

Rô,amadona à beça,
A paz

Ah se tu fosses duas!
Sabe tocar gaita? kkkkkkkk
Sem você, não dá
Amo-te em Cristo Jesus
Alberto

Alberto Couto Filho disse...

Oi prof Cesar,
A paz

Faça o favor de não trocar o titulo do livro - Nâo é Vinde a mim; é vinde após mim kkkkkkkkkk
Desvio psicólogico? É isso! Acertou.
Tadinho dele.
Veja a hora que é - eu às voltas com uma costela de porco. Tô todo lambuzado.
Preguiça vai ser depois de saboreá-la.
Cristo neles!!
Alberto

Alberto Couto Filho disse...

Querido pr Anselmo

A paz
Com que então fazes parte da "gang", hein!
Esta "gang" de benfeitores que se amotinaram contra a ação dos arrogantes e soberbos.
PEDRA neles!!!
Evangélicas no BBB?
Do tédio ao luto. Não aguento mais!!!!!!
Seu conservo indignado cada vez mais
Alberto

Alberto Couto Filho disse...

Pastor Giovanni/Missionaria Delair

A paz
Grandes coisas o Senhor meu Deus tem feito em minha vida. Dentre elas o fato de ter vocês me honrando com sua visita.
Vocês são lindos.
Que Deus os abençoe
Alberto

Alberto Couto Filho disse...

Amado menorzão
A paz

De fato, aquele nosso irmão tropeçou em seus próprios pés.
Se o pé daquele nosso amigo se apressou para o engano que Deus o pese em balanças fiéis Jó 3:5/6
Seu comentário dá-me confiança para prosseguir.
Seu conservo e amigo
Alberto

Alberto Couto Filho disse...

Natamado, caçula querido
Olha você por aqui.
Esse sobre quem falo, segundo o pr. Joelson deve ser um gaiteiro rsrsrs
Vou passar pelo ALVO MAIS QUE A NEVE
Se o nosso Deus quiser.
Sou de Cristo

Alberto Couto Filho disse...

Olá Matheus,

A paz
Folguei em recebê-lo em nosso blog, pois ele é seu também.
Vamos até a Arca de Jesus. Sigam-me, apenas, os bons.
Grato pela visita.Volte quando lhe aprouver.
Seu conservo

Alberto Couto Filho disse...

Pr Guedes
Como todos sabem: O meu amigão
A paz
Oi amigo, como está a sua "Loira Desposada do Sol?
Curtindo a sua Praia do Futuro?
Pelo seu lacônico comentário percebi que não houve tempo para analisar o papel do "homem das laranjas"
Como o fenômeno, o mestre cearense Mario Gomes, subi num pé de cana pra colher uvas. Foi ai que chegou o homem das laranjas e disse, solta as goiabas, rapaz!
Faz mal não. Calculo os problemas advindos de uma mudança de Estado.
E eu que ainda não consegui organizar a minha nova residência?
Que Deus continue te abençoando
Alberto

Evanir disse...

Que a fé e a esperança anda de mãos dadas, bem juntinho de você.
Esta esperança é nossa esperança. É com esta fé em Deus que
estou para 2012.
É com esta fé que nós seremos capazes de transformar esse mundo se cada um de nos
fizermos nossa parte.
E a esperança não ilude, porque o amor de
Deus foi derramado sobre todos nos.
Esta luta do filho de Deus não anda de mãos dadas com renúncias e tristezas,
e sim de esperança num amanhã mais feliz.
Um feliz final de semana.
O primeiro de 2012.
Muita paz muito amor para você.
Beijos no coração.
Evanir..

Alberto Couto Filho disse...

Abençoamada Evanir,
A paz
Estava cantarolando , página aberta, esquecido que estava desses dias maus por tristezas dadas à existência.
Permitia-me fazê-lo, olhando para mim ; vendo você, sua visita, comentário.; mãos dadas com Deus. Cantava a meia voz Aquino e Pinheiro seu blog o nome. Oh tristeza me desculpe, hoje Evanir veio ao meu encontro, visitou-me - inesperado surpreendente! Impressentida? Talvez. Deus conosco, vamos viajar na garupa da esperança de dias bons, em 2012.
Amada, seu blog é lindo; uma benção. Seus seguidores, pareceu-me precisarem deste mundo livre que há dentro de você; uma viagem sim, mas pra ficar. Por isso este seu novo seguidor.
Permita-me lembrar o Fernando: “Existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis”.
Sua visita honrou-me, sobremaneira.
Abençoe-te Deus profusamente.
Alberto

waldir disse...

Concordo plenamente, não tive ainda no meu blog nenhuma postagem anonima, somente pessoas, que deixam seus nomes por não possuírem blogs, mas ai é outra coisa, mas adorei este trecho muita sabedoria:

Meu avô Betinho, pai do papai, já dizia: ´”Se o cara aprendeu música e sabe tocar vai ser músico. Se ele não sabe, vai ser um crítico”

ஜ♥Patricia♥ஜ disse...

Postagens anonimas realmente só permito se percebo que a pessoa em questão não tem blog, ou não sabe mesmo como responder, e claro se não estiver ofendendo, quanto ao texto, me perdoe mas no final, não tive como não rir, tem pessoas que se gabam tanto e quando disse da virgulação ai tremi afff coitada das minhas, vou colocando onde acho bonitinho kkkkkk, ai irmão, o Senhor é tão culto me sinto tão pequena diante de suas palavras como fiquei feliz por partilhar do prêmio recebido pelo meu blog, eu até agora não entendi nadica de nada, mas Deus o sabe, mas o que me deixa mais feliz é saber que apesar de todo seu estudo, ainda tem tempo e humildade para fazer uma pessoa simples como eu muito feliz, o que posso fazer em troca?
Orar para que Deus lhe abençoe cada vez mais, cuida de sua família livrando-os de todo mal, e que nunca se aparte de ti o espirito santo de Deus, que ele te guie em todos os momentos. Obrigada de coração por tudo.


Ps: E claro que nunca veja minha virgulação kkkk, ai Jesus eu sofro viu.......

CLEUSA KLEIN disse...

Amado irmão... graça e paz. Agradeço sua gentil visita e sua palavra tão bem ilustrada.
Quanto o amigo anonimo, esse foi infeliz em seu comentário. Achei irônica a maneira que se dirigiu ao sua pessoa – que se reflete seu artigo. Até compreendo se fosse uma crítica a ser feita,(as pessoas tem liberdade para criticar, mas não foi isso que ocorreu.Não se sabe o motivo que o levou a esconder os seu nome, estamos entre irmãos, por isso não vejo o porquê para essa atitude. Não é dessa forma que se deve agir, somos igreja do SENHOR, e temos que ter união, exortar uns aos outros em amor, não com ira, muito menos com sentimento a rebaixar o outro.

Meu abraço fraterno
Missionária Cleusa Klein

Alberto Couto Filho disse...

Patriciamada,
Deus é conosco
Querida amiga, no seu caso específico, eu quero mesmo é que a virgulação vá às favas; plantar batatas ou catar coquinhos. A sua humildade é cativante; seu interior, este sim, é castiço, puro, adorável. Coloque vírgulas onde você quiser colocar – você pode amada, pois sua simplicidade é flagrante; creio mesmo não haver espaço para a arrogância em seu lindo coração.
Quer saber mais? Deus te fez assim; você é um dos seus mais belos projetos e ninguém neste ou n’outro mundo pode mudar.
Simplificando: “Tu és muito gente, pessoa amada”
Se deu vontade de chorar faça-o, sem melindres, pois Deus está falando ao seu coração.
Te amo em Cristo Jesus, mais do que "à beça"
Seu conservo e admirador.
Alberto

Alberto Couto Filho disse...

Waldir, meu amado

A paz

Viu só? o vovô Betinho tinha razão. Como tem critico por estas bandas!
Tô mandando um presente para você e Patricia, via email.
Saudares ternos
Em Cristo
Alberto

JCavalheiro disse...

A Paz do Senhor estimado e prezado irmão Alberto!
Antes de tudo peço sinceras desculpas por somente agora estar postando meu comentário sobre seu excelente texto aqui postado! Embora já anteriormente tenha lido sua postagem, minhas ocupações e afazeres de final de ano e início de Novo Ano tenham tomado meu tempo.
Como já expressei acima, sua postagem, como sempre e esta não poderia ser diferente, está excelentíssima! Muitos leitores, escondendo-se atrás da covarde arma do anonimato fazem uso de escusos ardis para dizerem aquilo que de outra forma ou na presença faltar-lhes-ia coragem para expressar. Outros aproveitam-se da oportunidade de fazer uso do expediente da crítica destrutiva, embora com aparência de sinceridade, e por meio de um blog bem conceituado como o vosso jogam pedras para se auto promoverem às custas de quem tem boa aceitação em seus escritos. Creio este seria o caso deste seu leitor aqui relatado. Com certeza elementos assim não teriam nada a perder, pois não veriam leitores a seus comentários em seus próprios expedientes de comunicação e então aproveitam-se destas oportunidades para alcançarem certo número de leitores com palavras, nem sinceras e nem verdadeiras.
Parabéns por seu posicionamento em semelhante circunstância. Deus continue a abençoá-lo em seu ministério de escrever, por sinal muito bem! Terá sempre um fiel leitor e seguidor.
Abraços do amigo e irmão...
João Q. Cavalheiro
www.aramasi.blogspot.com

Sonia Pallone disse...

Meu querido Alberto, vim agradecer tão generosas e delicadas palavras no meu blog Solidão de Alma...Você deixou ali, uma luz que nunca se apagará, obrigada pelo abraço aconchegante e pelo delicioso olhar de ternura...Beijo grande, fique em Paz

Lucy Araujo "Fruto do Espírito" disse...

Paz irmão Albert!

Estou feliz por de alguma forma fazer parte deste espaço que considero a extensão de minha casa.
Saiba que o irmão é muito querido, apesar das férias, não poderia de deixar de comentar expressando o meu enorme carinho, admiração e amor fraterno.

Em Cristo,

***Lucy***

Alberto Couto Filho disse...

Oi Marcio

A paz

Grato por tua visita à minha casa. Fique à vontade para apreciar e, se quiser, comentar.
Você é bem vindo.
Eu o saúdo com a paz do Senhor

Alberto Couto Filho disse...

Lucy amada,
A paz

Boas ferias; bom descanso.
Este blog é, realmente, a extensão da sua casa.
Pode Crer
Alberto

Alberto Couto Filho disse...

Soniaamada,
A paz
Agradecer-me, por que?
Por ter reconhecido o "gostoso" que é o SONHO DE ALMA>
Achei-o, como diria o meu colaborador, um "tremendobarato"
Já sabes o caminho.
Quando quiser.
Alberto

Alberto Couto Filho disse...

Pastor João
A paz de Cristo
Privar da sua amizade e do seu descortino foi (é) uma das maiores bençãos recebidas no ano que se foi.
Pude conhecer o inusitado de um “perolário”, belos textos postados pelo nobre amigo, ao abrigo de um “relicário”, o não muito antigo blog MEDITAÇÃO PARA UM NOVO DIA.
Dupla honra me concede, tratando-me de amigo e irmão.
Por amor a Cristo
Alberto

LUZ disse...

Boa noite Alberto,

Foi uma surpresa agradável, deveras aprazível, receber você e suas palavras tão eruditas e coloquiais, em meu blog.
Desconhecia o de você. Neste momento já não estou nas trevas, me encontro a caminho da luz, ainda translúcida, porque é tanta a sua sabedoria, arte e engenho, que, só talvez mais daqui a uns tempos, tudo seja transparente para mim.
Oscar Wilde era muito inteligente e, por vezes, sarcástico e contundente.
Aceito olhos de todas as cores, desde que tragam esperança e bondade, embora navege melhor nos verdes, mas já aceitei a cor dos seus, de coração.
Na 6ª feira penso postar ao final da tarde. Será surpresa.

AGRADEÇO, DE TODO O CORAÇÃO, A FORMA ELOQUENTE E DISTINTA COMO DE MIM FALOU E A MIM SE DIRIGIU.

Beijos de muita luz.

Andréia : Blessed by God ! disse...

A PAZ E O AMOR DE DEUS SEJA CONTIGO QUERIDO IRMAO ALBERTO...VENHO PRIMEIRAMNETE AGRADECER LHE POR SEU COMENTARIO, SINTO ME LISONGEADA EM CONTAR COM PALAVRAS DE UM SERVO DE DEUS, HUMILDE E CULTO, QUE USA SUA SABEDORIA NAO PARA SE VANGLORIAR MAS MOSTRAS A PALAVRA DE DEUS DE UMA FORMA CLARA E PRECISA...LI SEU ARTIGO, E COMPREENDO QUE MUITOS SERAO CONDENADOS NAO PELOS GRANDES EPCADOS,MAS SIM POR FAZER DE SAUS LINGUAS OBJETOS DE DESTRUIÇÃO, CALUNIANDO,MALDIZENDO,MENTINDO,DIZ A PALAVRA DE DEUS QUE OS TAIS NAO HERDARAO O REINO DOS CÉUS...SABEMOS QEU DEUS ODEIA O ORGULHOSO, O ARROGANTE, QEU USA DE TITULOS PARA SE MOSTRAR MAIS ESPIRITUAL, MAS DO ESPIRITO DE DEUS NÃO TEM NADA...POIS O ESPIRITO SANTO DE DEUS É SANTO...DESCONSIDERE TAIS PESSOAS, POIS JÁ ESTAO RECEBENDO SUAS GLORIAS MUNDANAS E VIS...NO DIA DA PRESTAÇAO DE CONTAS SUAS OBRAS SERAO COMO PALHA...CONTINUE ASSIM, SENDO UMA LUZ, CUMPRINDO SEU PAPEL DE LEVAR PAZ, AMOR, CONSOLO, REFRIGERIO AO CORAÇÃO ANSIOSO,FRACO, DUVIDOSO E SEM PAZ...PARA ISSO QUE DEUS NOS CHAMOU, PARA LEVANTARMOS O CAIDO, ABRIR AS PRISOES DOS ENCANCERADOS ESPIRITUAIS, LIBERTAR OS CATIVOS,LEVAR LUZ AS TREVAS....OBRIGADA POR SUA FORÇA...CONTINUAREI A LEVAR AQUILO QUE DEUS PROPUZER A MEU CORAÇAO...ESTOU SENSIVEL AO SEU MANDAR...FIQUE NA PAZ DE NOSSO DEUS...UM FRATERNAL ABRTAÇO..QUE DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO...

Alberto Couto Filho disse...

Andreiamada,

Deus, eternamente.
Corra ao seu email. Deus está lá à sua espera, ansioso por te ver.
E, por favor, pare de me emocionar. Você, mais que todos, sabe o que pode ocorrer com um velho e cansado coração rsrsrs
Ele te amou primeiro - tens dúvidas?
Seu conservo

Alberto Couto Filho disse...

Luz, abençoamada
A paz
Para que se faça transparente a minha sincera desambição, urge o polimento do que a torna translúcida. Insista em trilhar o caminha da luz e o diáfano cederá lugar à transparência.
A amiga, percebo em seus ditos, no seu blog, parece ter assimilado ensinos de Pecotche : Asas à imaginação com inebriante liberdade de pensamento e um confesso amor pelo Pai Eterno. – um jeito logosófico de ser. Gosto muito disto.
Confiramos o sarcasmo e a irreverência de Wilde, nesta frase: “A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre”.
Aquele pseudo-pastor, inimigo conquistado, no anonimato, é fã “de carteirinha” da mediocridade. Não se espante, sinceramente? “TÕ NEM AI PRA ELE”
Devolvo-lhe o agradável e o aprazível, acrescidos de muito amor, estima e apreço.
Que venha a sexta-feira! Quero ser o primeiro a comentar.
Que bom que Ele tenha nos amado primeiro!
Alberto

Adriana disse...

: *´¨)
¸.·´¸.·*´¨) ¸.·*¨)
(¸.·´ (¸.·` ** Olá,amado Alberto!!!
Eu vim...
Agora já sei que vc não deve se emocionar,rsrsr.
É certo que DEUS responde...Ele respondeu.
Infelizes daqueles que miram no alvo errado.
Eu fico feliz pela sua vida,por sua existência,irmão Alberto!Deus seja contigo ainda mais e mais...e mais e mais!

Um abração!
: *´¨)
¸.·´¸.·*´¨) ¸.·*¨)
(¸.·´ (¸.·` **

LUZ disse...

Olá Alberto,

Agradeço suas simpáticas e eruditas palavras em meu blog.

Bom fim de semana.
Abraços de luz.

Evanir disse...

Com muito carinho venho desejar um feliz final de semana
seja de paz e alegria na presença de Deus.
Gostaria de colocar o link do seu blog no meu gosto muito de estar aqui agradeço de coração por ter colocado meu link e presente no seu blog muito alegra meu coração.
E pessoas como você que faz a diferença na minha vida.
Um abraço .
Evanir.

Alberto Couto Filho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alberto Couto Filho disse...

Evanir, minha amada

A paz

Sentir-me-ei honrado em ter meu link na VIAGEM>
É muita honra para este jovem de um pouco mais de 40 anos de idade!
Tô feliz à beça!
É o Deus que servimos que faz a diferença em nossas vidas.
Basta ouvirmos a Sua voz.
Em Cristo, eternamente,
Alberto

Anderson Andujar disse...

A paz meu queridão.
"Tava" pensando o que, que vida de blogueiro é mole? (risos)
Ainda bem que, como diz o "filósofo" Carlos Massa, o senhor tem 'café no bule'.
Brincadeiras à parte, parabéns pela maneira lúcida e corajosa com que tratou a questão. Ainda estou engatinhando nessa nobre tarefa de falar do amor de Cristo através da blogosfera e confesso ter aprendido muito com o senhor e com outros, como o senhor gosta de colocar, 'abençoamados' irmãos.
O Anselmo 'tá' sofrendo lá no A Pedra também com os 'imbecis e impertinentes' anônimos e engrossando as fileiras contigo, mas ele já aprendeu a tirar isso de letra - 'ô cabra crajoso'.
Peço desculpas por ter chegado tão tarde nessa proveitosa discussão, pois gosto de apreciar seus textos com bastante tempo e graças ao bom Deus, hoje Ele me deu o tempo necessário.
Quanto a pergunta do título - o que é pior o anonimato ou a vanglória, não sei o que é pior; mas uma coisa sei, o melhor é meditar no que a Escitura diz a respeito:

“Se alguém julga saber alguma coisa, com efeito, não aprendeu ainda como convém saber.” (1 Coríntios 8:2 RA)


Abração desse seu admirador em Cristo...

Alberto Couto Filho disse...

Nobre pastor Andujar

A paz
Senti sua falta. E o baby?
Temos coisas em comum:
Apreciamos a intrepidez do pr.Anselmo. Falei muito dele numa postagem que chamei LIXO TOXICO;
Sabemos que o melhor mesmo é meditar, exatamente na passagem citada.
Bem vindo
Em Cristo
Alberto

Cesar M. R. disse...

passa na cantina.
tem postagem sobre vossa pessoa!
abraço,
Cesar

ABEL ADAN disse...

pasaba por aquí;
interesante tema, Dios le bendiga pastor
saludos desde colombia

LUZ disse...

Boa noite Alberto,

Estive lendo os comentários deixados em seu blog e as suas respostas (não deveria ter feito, não é socialmente correcto? Paciência, já cometi o erro).
Incríveis! Espertalhão, querido, vivido, inteligente, sarcástico, doce e feroz, que nem gatinho.
Queixume, coisa nenhuma, mas é um direito que lhe assiste, dizer.
Fique tranquilo, que por aqui está tudo na paz dos anjos bons. Eu creio, que são todos bons.
Não quero falar de religião. Me interessam os corações de cada um.
Eu posso amar uma planície verde, como sendo o meu DEUS, e ESTE reconhece, que meu coração é puro e verdadeiro.

Abraços de luz.

LUZ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alberto Couto Filho disse...

Luzamada,
Paz conosco e com nossos anjos bons.
Nâo zanga não. Queixumeiro, sou mesmo, inda mais com aqueles que, do outro lado, bússolas, que dão o norte, orientação precisa.
DÁ-ME, POR FAVOR! Incrível! Querida; vivida; inteligente; voluptuosa; doçura, quando; ferocidade, se; a gatinha de fato, linda editora do blog “AFECTOS E CUMPLICIDADES” – lindo de ver; belo de ler; amor de amar...
Tal e qual Fernando Pessoa, vou escrevendo tudo aquilo o que sinto em meu coração para baixar a temperatura deste meu sentir. Isto para mim confesso não tem qualquer importância, pois o que é importante, se nada tem importância? Com as coisas que me são sensíveis crio cenários; ortografo vistas; pinto paisagens; sonho meus sonhos; componho versos.
Veja :
...E com a noite virá meu sonho interrompido,
Meu devaneio vão, minha quimera louca.
E poderei cingir teu vulto tão querido,
E poderei beijar tua formosa boca.
Viu só?
Eu também posso amar sonhos impossíveis como sendo o meu Deus, e Ele reconhece, também, que meu coração é puro e verdadeiro. Eu adoro falar e falo “a bandeiras despregadas”, e o faço para que meus ouvintes/leitores saibam da grande consideração que tenho por me ouvirem/lerem. Nada receio mesmo sabendo que, pela boca, conforme dizem, morrem o peixe e o Oscar Wilde rsrsrs
Eu que me aguente comigo e com os “comigos de mim”.
Teu coração está por merecer beijos. Receba-os.
Deus te abençoe rica e abundantemente.
Alberto

Geovani Figueiredo dos Santos disse...

Graça e paz da parte de nosso Grande Deus e Salvador Cristo Jesus, Irmão Alberto!

Estive um pouco atarefado por estes dias e, por esta razão, não pude acessar a blogosfera. Mas uma vez, gostaria de lhe agradecer pelos comentários bem como por sua visita ao meu humilde blog. Eu moro em Cabo Frio, uma cidade da região dos lagos no Rio de Janeiro. Por ser uma cidade turística, nesta época de verão recebe muitas pessoas de todos os locais do Brasil atraídas por suas praias de areias brancas. É uma época que aproveitamos para ganhar alguns reais a mais com a venda de sorvetes e picolés. Sou funcionário público municipal e também comerciante, tendo uma pequena sorveteria na cidade. Sempre que posso, me desvencilho do cansaço e dou uma navegada didática pelos blogs de nossos amados irmãos para não perder o costume.

Também estou nos preparativos para ser submetido a uma 'uvulolaringoplastia' no próximo dia 27 do mês em curso. Rogo as vossas orações neste afã.

O meu Email é gfsantos1972@hotmail.com

Nos laços do Calvário,

Geovani Figueiredo dos Santos

Alberto Couto Filho disse...

Olá Giovanni

Graça e Paz
Estaremos em oração para que a intervenção obtenha pleno êxito. O Médico dos médicos tem promessas para o irmão e a palavra desamparo não consta do seu vocabulário.
Ele te conhece muito bem; conhece sua angústia e suas dores.Padeceu morreu lá numa cruz e; por amor, fez tudo por você.
Este louvor é bastante estimulante e alentador.
Creia. Isto basta para Deus
Estou mandando mensagem para o seu email.
Que Ele te abençoe.
Alberto

LUZ disse...

Olá estimado e queridíssimo Alberto, AL BERTO (origem árabe)

Cá estamos de novo, juntos, na tertúlia.
"Namoro" para cá, "namoro" para lá e a gente se entende, e muito bem.
Eu gosto de pessoas, homens e mulheres inteligentes, sensíveis, charmosos e perspicazes. É seu caso, HOMEM, meu bom e afectuoso amigo.
Agradeço seu sincero e caliente comentário, com direito poético e tudo, em meu blog.
Foi aprazível ter encontrado meu blog e nos termos tornado amigos, não foi?
Hoje, e como prenda, presente, vou pôr minha carinha em seu painel, ou melhor, no painel de seu blogue.
Em seu coração não precisa, porque já lá estou.
CONVENCIDA!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Beijos de muito carinho e luz.

LUZ disse...

AL BERTO,

Lentes de contacto? É para ver melhor? A sociedade, em geral, ou garotas bonitas nas revistas, mas só nas revistas.
Tenho de falar com sua mulher, ai tenho, tenho.
Bom... lentes de contacto têm de ser VERDES, da cor da esperança, né?
Depois quero uma foto sua com olhos verdes, tá?
Passou no exame. Já verifiquei as alterações. Você é... bom, digamos, inteligente, sem favor.
Quando caminha sabe colocar bem seus pés (tanta figura de estilo)!

Beijos de muito carinho, amizade e luz.

LUZ disse...

Olá querido Alberto,

Como vai? Continua de bom humor e amor?
Você não me liga nenhuma. Pobre de mim que fico, que nem folha num furacão.
Quero convidar você (eu sei, que vai aceitar) para nos encontrarmos num espaço novo, aberto ao público, preferencialmente, inteligente, e cujo nome referencio, a seguir:

singularidadesdahistoria.blogspot.com

Veja, por favor, com olhos verdes.

Beijos de muita luz.
Até logo.

Alberto Couto Filho disse...

Luzamada,

Fui lá; deixei um comentário; disse algo sobre a cor verde e voltei correndo pra te dizer que te ligo sim e, muito.
Tô com pressa!
A gente se fala.
Alberto

LUZ disse...

Oi querido Alberto,

Li, mesmo agora, seu comentário, delicioso, lá no "Singularidades".
Deus queira, que encontre, também, nele pluralidades.
Faremos, eu e o BRENO e não Bruno, como por lapso, o meu querido escreveu, por merecer isso.
Não mato, coisa nenhuma, o alemão. Alto, musculado, louro e de olhos verdes... você, nem pense. O trago para Portugal.
Agradecemos sua participação e volte mais vezes.

Beijos de muita luz.

Salviano Adão disse...

Querido Alberto.
Que prazer que me da de ler os seus belos
comentários em meu blog.
Muito obrigado por estar sempre presente no
meu humilde espaço.
Que Deus abençoe a sua vida cada vez mais.

Rachel Rosa disse...

Pastor, tenho uma dúvida e até agora não sanei.
Visitando algumas igrejas evangélicas, tenho assistido por diversas vezes, pessoas e mais pessoas no auditório, caírem aos montes, sempre para trás, quando são tocadas por um orador, profeta, ou missionário.
Já vi pessoas caindo quando tais oradores jogam seus paletós em cima delas.
E já vi outros desses portadores da Palavra de Deus, assoprando e muitos caindo!
Me diga pastor Alberto, o que causa tais fenômenos?
São frutos da mente?
Hipnose?
Ou uma manifestação da psiquê?
Até agora as respostas são vagas e evasivas.
O Sr. concorda com tais manifestações em público?
Ouvi os dois lados. Os crente dizem ser o Espírito Santo.
Os céticos, e aí alguns psiquiatra e psicólogos dizem ser distúrbios mentais que se manifestam quando são excitados.
O que o Sr. poderia dizer sobre essa questão.
Obrigada.

Geovani Figueiredo dos Santos disse...

Graça e paz, nobre irmão Alberto!

Estou no aguardo e ansioso por receber sua obra. Partindo de sua lavra e provecta madureza, causa-me mais expectativa em tê-la em minhas mãos.Com certeza lerei cada capítulo e parágrafo como em longos haustos, nutrindo-me de sua didática sapiência e argucia.

Não me esqueçam em suas intercessões. Amanhã, dia 27/01/2012 estarei sendo operado. A minha apneia aumentou muito no decorrer deste ano devido a uma colabamento nasal e da orofaringe. Para evitar os sufocamentos que há muito tem me afligido, será necessária essa intervenção. Quanto ao mais, estou em Cristo e fundamentado em suas promessas e Palavra.

Que Deus continue abençoando sua vida e ministério!

Nos laços do Calvário,

Geovani F. dos Santos

Alberto Couto Filho disse...

Abençoamado Giovan
A paz

Eu e todos os nosso irmãos em Cristo, através deste canal de comunicação dizemos, pelo poder que existe no santo nome de Jesus; COLOBAMENTO NASAL E DA OROFARINGE, nós os repreendemos em nome do nosso Salvador Jesus Cristo.
Vamos orar por vc amigo
Você pode suportar tudo, nAquele que, sabemos, te fortalece.
Sê forte
Alberto

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Estou nesta oração pelo nosso Geovani Figueiredo,

O Senhor está contigo, amado irmão.

Vá em frente... O Senhor está contigo... contigo... contigo...!

O menor de todos os menores. Um Tradicional Pentecostal.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.

Postar um comentário

Pesquisar assuntos, temas ou postagens

MILAGRES

Veja quem nos visitou recentemente